Nick Minaj pede desculpas por capa de "Lookin Ass Ni**a"


A cantora Nicki Minaj precisou se desculpar na última quinta-feira (13). Após lançar a música e o videoclipe de "Lookin Ass Ni**a", a rapper usou as redes sociais para esclarecer a controvérsia criada após a publicação da capa do buzz single.

Pra quem está por fora do assunto, e para entender melhor o que aconteceu, o Drops Music, explica. Nicki foi criticada pelo uso da imagem do ativista dos direitos humanos Malcolm X que aparece na capa de "Lookin Ass Ni**a" com uma arma na mão, olhando pela janela. A foto é, na verdade, uma reprodução da revista Ebony de 1964.

Para se explicar, Nick disparou: "Vocês tem um problema comigo me referindo às pessoas que Malcolm estava pronto para puxar o gatilho em ‘Lookin Ass Niggaz’? Bem, peço desculpas. Esta não é a arte oficial e este não é um single oficial. É uma convesa. Nunca quis diminuir seus esforços e legado. Peço desculpas se a imagem foi interpretada erroneamente", escreveu Nicki no Instagram.

A controvérsia já gerou duas petições que pedem a remoção da capa. "Vamos parar Nicki Minaj, a Young Money e as gravadoras de desonrarem a vida e as contribuições de grandes líderes do século XX. Não podemos deixar que isso aconteça", diz uma das listas. "Sem o trabalho e a vida de Malcolm X, você não poderia fazer o que faz agora", justifica outra petição criada no site Change.org.

Já para os defensores da exclusão da imagem, Minaj – que aparece segurando uma arma em seu clipe – usou a foto para divulgar uma música que não possui os valores expressos por Malcolm. "Ele carregava uma arma porque temia pela segurança de sua família e dele mesmo, já que ele sabia que podia ser morto por seus oponentes políticos. Malcolm olhando pela janela representa este medo. O uso de armas por Nicki Minaj no vídeo reforça que a violência é aceitável e comum".

"A palavra ‘nigga’ ainda causa bastante debates em nossa comunidade enquanto o comportamento ‘nigga’ é enaltecido e adorado. Não façamos isso. Peço desculpas à família dele", continuou Nicki na rede social.

Comentários

AS MAIS LIDAS DO DROPS