"The X Factor EUA" é oficialmente cancelado pela FOX; Simon Cowell volta para o "X Factor UK" após três anos


Notícia ruim pra quem acompanhava o reality "The X Factor EUA". A versão americana de um dos programas de maior sucesso no mundo, acaba de ser cancelada pela FOX. O idealizador do projeto, Simon Cowell, se pronunciou sobre o assunto:

"Eu tive um tempo fantástico ao longo dos últimos 12 anos, tanto no "The X Factor" quanto no "American Idol", tive a sorte de encontrar alguns talentos incríveis nos shows e sempre fui muito bem recebido pelo público (na maioria das vezes!)", disse Cowell.

Simon acrescentou: "Por uma série de razões, tive que tomar a decisão de voltar para o "The X Factor UK" em 2014. Então, por agora, estou de volta ao Reino Unido e quero agradecer a FOX por ser uma parceira incrível, além de agradecer a todos que apoiaram meu show. America, te vejo em breve!", finalizou Simon Cowell.

"Para todos nós da FOX, Simon é mais do que uma personalidade da TV, ele é parte de nossa família, não há ninguém mais apaixonado e criativo do que ele. Nos sentimos felizes de termos trabalhado com alguém tão maravilhoso quanto ele ao longo desses 12 anos", disse Kevin Reilly, da FOX.

Na última sexta-feira (07), a ITV oficializou o retorno de Simon ao painel de jurados após três anos fora da atração britânica. O cancelamento do "X Factor EUA" era inesperado, mas deixa vários fãs brasileiros tristes. Aqui no Brasil, o reality estava sendo exibido pelo canal Sony.



A última edição americana da atração, contou com Kelly Rowland, Demi Lovato, Paulina Ricky Rubio e Simon Cowell na bancada de jurados. Já a vitória, foi para a dupla ''Alex & Sierra''. 

Os números da terceira temporada do "The X Factor EUA", podem nos ajudar a entender o cancelamento do reality na TV americana. O final da última temporada, registrou apenas 6.2 milhões na audiência geral, e uma demo 18-49 anos de 1.7 (perdas de 36% e 45% respectivamente, em relação ao final da segunda temporada).

Outros detalhes, também podem ajudar a entender o cancelamento do "The X Factor EUA". Foram três temporadas, e nenhum vencedor se consolidou no mercado fonográfico, diferente do que acontece no "American Idol". O programa conseguiu emplacar Kelly Clarkson (primeira vencedora da atração), e Carrie Underwood. Melanie Amaro, vencedora da primeira edição americana do "X Factor", teve três singles sem sucesso, e o seu álbum de estreia sequer foi lançado. Tate Stevens, que venceu a segunda temporada da atração, perdeu o seu contrato com a Sony, depois de vendas fracas.

A mudança na bancada de jurados, também pode ter ajudado a queda do programa. Nem mesmo Britney Spears, conseguiu audar a levantar a audiência. Mas apesar de tantas polêmicas envolvendo a versão americana do "X Factor", não podemos nos esquecer dos grupos Fifth Harmony e Emblem3, que não venceram as edições que participaram, mas estão se dando bem no mundo da música, até o momento. Alex & Sierra, vencedores da última edição, estão em estúdio gravando o seu álbum de estreia, e portanto, não é possível prever o futuro da dupla. 

Veja abaixo um dos melhores momentos de Alex & Sierra, os vencedores da última edição americana do "X Factor":

Comentários

AS MAIS LIDAS DO DROPS