Chris Brown: Julgamento do cantor é novamente adiado

O julgamento do caso de agressão do cantor Chris Brown, que começaria na última quarta-feira (23), foi adiado novamente. 

A audiência não aconteceu, devido ao segurança do músico, Christopher Hollosy, ter sido condenado na segunda (21). O guarda-costas seria uma das testemunhas do caso, mas por conta disso, Breezy - nome verdadeiro de Chris Brown, permanecerá preso.

Chris Brown é acusado de ter agredido um jovem na saída de um hotel em Washington, em outubro de 2013, motivo pelo qual o seu segurança foi condenado. Com o caso, o rapper perdeu o direito a liberdade condicional no caso de agressão à cantora Rihanna, sua ex-namorada, por violar diversas vezes a condenação.

No entanto, Brown deverá retornar ao tribunal de Washington, no dia 25 de junho. Se for considerado culpado, o cantor poderá ser condenado a seis meses de prisão e a pagar uma multa de US$ 1 mil. 

Mesmo com tantos problemas, Brown se prepara para lançar o seu novo disco. Intitulado "X", o disco chega ao mercado no dia 5 de maio. No momento, Brown faz sucesso com a música "Loyal". A faixa está na 9ª posição da parada americana, a Billboard Hot 100.

Comentários

AS MAIS LIDAS DO DROPS