Clipes da Adele poderão ser deletados do YouTube; plataforma está passando por reconfiguração


Adele está correndo o sério risco de perder seus clipes, Youtube. O canal pode deletar os clipes da britânica, do seu arquivo – ou ao menos torná-los indisponíveis até segunda ordem. A plataforma de streaming de vídeos mais conhecida do mundo está passando por uma reconfiguração para trazer uma experiência nova para os usuários, mas precisa que as gravadoras assinem um novo termo de uso. 90% das empresas já concordaram com as novas cláusulas, mas 10% não – incluindo o selo XL Recordings, que representa a Adele.

De acordo com o Financial Times, o YouTube que introduzir um sistema de assinaturas pago. Os usuários que optarem pelo pagamento mensal poderão ver os vídeos e ouvir as músicas sem anúncios, até mesmo off-line. Para isso, as empresas têm que assinar a adesão à nova proposta da plataforma. Segundo Robert Kyncl, diretor de conteúdo do YouTube, haverá um bloqueio geral nas gravadoras que não assinaram os novos termos.

Além da XL Recordings, a Domino também não assinou ainda, o que significa que clipes do Arctic Monkeys e do Franz Ferdinand também poderão deixar de constar no arquivo do YouTube. Muita gente já está criticando. Será que o YouTube vai permanecer com a nova reconfiguração?

Comentários

AS MAIS LIDAS DO DROPS