Michael Jackson: 5 anos sem o Rei do Pop; segundo disco póstumo é um dos mais vendidos do ano


Já são 5 anos sem o Rei do Pop. Sim, estamos falando de Michael Jackson. O astro da música morreu em Los Angeles após sofrer uma parada cardíaca causada por uma overdose de remédios. Entretanto, o cantor não perdeu a majestade.

Mesmo após a sua morte, Michael Jackson já conta com dois discos póstumos: "Michael" (2010) e "Xscape" (2014), este segundo, um dos mais vendidos de 2014 (chegou ao segundo lugar no Brasil, segundo a Associação Brasileira dos Produtores de Discos).

Vivo cada vez mais no mundo da música, Michael "subiu ao palco" do Billboard Music Awards, em maio deste ano, para interpretar "Slave to the Rythm", incluída em seu último álbum póstumo. Com traje semelhante ao da época do álbum "Bad" (1987), ele fez coreografias com dançarinos e não perdeu a chance de encenar seu famoso passo "moonwalk". A apresentação foi mantida em sigilo até o último momento, e, segundo a organização do evento, precisou de um ano de trabalho com a colaboração de 104 artistas e técnicos, e ganhou clipe na plataforma VEVO.



E pra quem pensa que a obra de Michael acaba por aqui, se egana, e muito. Parece que "Xscape", não será o último álbum póstumo do Rei do Pop. A revista Rolling Stone, já afirmou, que há material suficiente para mais oito discos de inéditas. Em declaração à publicação americana, o próprio produtor Darkchild insinuou mais álbuns: "Temos mais surpresas vindo". Já os representantes do espólio do Rei do Pop, preferem não comentar.

Ainda de acordo com a revista, Michael Jackson desenvolvia muitas músicas extras sempre que entrava em estúdio para gravar um disco novo. Portanto, há uma quantidade enorme de faixas descartadas. "Era recorrente o fato de Michael Jackson gravar músicas e colocá-las na gaveta", constatou o engenheiro de som Matt Forger.

"Xscape", segundo CD póstumo do artista, trouxe oito músicas inéditas do cantor. O critério para seleção foi trabalhar com demos finalizadas, com início, meio e fim. Darkchild, Timbaland, Babyface, L.A. Reid e Justin Timberlake, participaram do disco, que alcançou o 2º lugar na Billboard 200.

A música "Love Never Felt So Good", lançada como single do disco "Xscape", já conta com dois videoclipes. Uma, em que temos Justin Timberlake, e a outra, sem o Justin. Na verdade, na nova versão do videoclipe, foram excluídos os versos e as cenas gravados por Justin Timberlake. Ou seja, é basicamente a versão original da faixa, antes de ser transformada em dueto. Veja as duas versões abaixo: 





Pra quem não sabe, "Love Never Felt So Good", com Timberlake, entrou no Top 10 da Billboard Hot 100, fazendo do Rei do Pop, o único artista a aparecer no Top 10 da parada americana por cinco décadas consecutivas. A música é resultado do trabalho dos produtores John McClain, Paul Anka e Giorgio Tuinfort em uma demo descartada por Michael em vida.

De acordo com Justin Timberlake, o dueto dos dois era um desejo antigo do artista falecido. Michael teria lhe telefonado e o convidado para fazer uma parceria ainda na época do ‘N Sync. Por motivos que fogem à razão, a colaboração não aconteceu em vida.  

Por conta do sucesso de "Xscape", um clássico de Michael Jackson também voltou recentemente ao Top 15, da Billboard. Estamos falando da famosa "Billie Jean", single do álbum "Thriller", lançado em 1982.



Veja abaixo, mais sucessos do Rei do Pop:











Comentários

AS MAIS LIDAS DO DROPS