Taylor Swift processa radialista

Taylor Swift está processando o radialista, David Mueller, que teria apertado o seu bumbum durante um "Meet And Greet" com a cantora, em 2013. É o que informou o site americano E!Online. 


Em setembro de 2014, o radialista entrou com uma ação contra a estrela pop afirmando que havia sido demitido da rádio onde trabalhava por conta das falsas acusações da americana. Com isso, ele pediu uma indenização para a loira. 

Em contrapartida, Taylor Swift agora processa Mueler voltando a afirmar sua declaração. "A senhora Swift sabe muito bem quem cometeu a agressão - foi Mueller - e ela não está nem um pouco confusa. Mueller é o culpado", diz o processo da artista. "A resolução desse processo vai demonstrar que Mueller fez o ato de humilhação e conduta errônea contra a senhorita Swift e isso servirá de exemplo para outras mulheres que continuam caladas quando passam por atos como este". 

Os documentos oficiais da ação ainda afirmam que Mueller e sua namorada estavam no "Meet And Greet" da cantora quando ele "intencionalmente levantou sua saia e pegou com a sua mão uma parte íntima do seu corpo de uma forma inapropriada, contra a vontade dela e sem a sua permissão".

Ainda segundo o processo, caso ganhe, a dona do sucesso "Bad Blood" vai doar o dinheiro para instituições dedicadas a mulheres vítimas de abuso sexual. 

Comentários

AS MAIS LIDAS DO DROPS