Adele, Rihanna e Beyoncé são cotadas para o Grammy 2017


Se preparem! 


Ainda falta muito para a próxima edição do Grammy, mas três cantoras já têm trabalhos na disputa por indicações: Adele, Rihanna e Beyoncé. “25”, “ANTI” e “Lemonade”, os respectivos álbuns mais recentes das divas, receberam ótimas críticas e podem cravar seus lugares nas categorias principais da premiação, como álbum do ano, música do ano e gravação do ano. No site Metacritic, que faz uma média de críticas publicadas em veículos profissionais, “25” tem avaliação de 75/100 (com 34 críticas publicadas); “ANTI”, de 73/100 (com 31 críticas); e “Lemonade”, recém-lançado, está com 94/100 (com 11 críticas). Em termos comparativos, “1989”, da Taylor Swift, vencedor do Grammy deste ano, aparece com avaliação de 76/100 (com 29 críticas).

Entretanto, a 59ª edição do Grammy Awards, em 2017, reconhecerá os melhores trabalhos lançados entre 1º de outubro de 2015 e 30 de setembro de 2016. O período também inclui lançamentos do Justin Bieber, da Demi Lovato, da Selena Gomez, da Gwen Stefani, da Sia, da Ellie Goulding e do Charlie Puth, entre outros. Justin, com “Purpose”, também está muito bem avaliado e sedento por mais um Grammy (o primeiro veio neste ano, pela faixa “Where Are Ü Now”, com Diplo e Skrillex). Mas a britânica Adele é um nome dado como certo na premiação – visto seu histórico com os discos anteriores e o fenômeno de vendas do “25”. Rihanna, com “ANTI”, redirecionou sua carreira, o que também deve ser levado em consideração. Beyoncé… bem, é um álbum visual, o que sempre merece atenção. O anterior foi indicado a álbum do ano em 2015 (perdeu para o Beck) e levou dois troféus para “Drunk In Love”.

Vale lembrar ainda, que, a cantora Adele recebeu 10 Grammys até hoje, de um total de 13 indicações. Rihanna, por sua vez, já recebeu 8 estatuetas, de um total de 24 nomeações. Beyoncé, no quesito Grammy, está na frente de ambas: 20 vitórias de um total de 52 indicações (ela é a mulher mais nomeada da história).

Comentários

AS MAIS LIDAS DO DROPS