Empresário nega substituição de Fergie por outra artista no retorno do Black Eyed Peas


Era apenas boato!


Lydia Lucy, finalista do “The Voice UK”, do time do Will.i.am, não vai substituir Fergie no retorno do Black Eyed Peas. O empresário do líder do grupo desmentiu as notícias que pipocaram na imprensa britânica. Ele disse ao jornal Metro que “não é verdade” a substituição da Fergie por Lydia ou qualquer outra.

O boato começou depois que Will.i.am fez um show no Royal Albert Hall, em Londres, e colocou Lydia no palco ao lado dos membros do Black Eyed Peas, Taboo e apl.de.ap. Fergie foi a única ausente no reencontro e lá estava Lydia assumindo os vocais. Com isso, não foi difícil que os jornalistas ingleses deixassem a imaginação voar. Afinal, era a primeira apresentação do BEP em cinco anos – e com outra no lugar da Fergie. Veja o vídeo:



Entretanto, em entrevistas recentes, Will.i.am se demonstrou arrependido do grupo ter entrado em hiato em 2013. Ele disse que “isso nunca deveria ter acontecido” e que pretende trazer o Black Eyed Peas de volta em breve, com músicas novas. Neste ano, o grupo comemora seu 18º aniversário do lançamento do primeiro álbum, “Behind the Front”.

Já a cantora Fergie, esteve com o BEP a partir do disco “Elephunk”, de 2003. Ela cantou no “Monkey Business” (2005), “The E.N.D.” (2009) e “The Beginning” (2010). A própria cantora já disse que não foi contada sobre o retorno do grupo. Além disso, ela está cuidando do lançamento do seu segundo álbum solo para este ano. A partir deste mês, ela começa uma turnê por festivais.

Comentários