Chester Bennington, vocalista do Linkin Park, comete suicídio; TMZ foi o primeiro a noticiar a morte do cantor


Uma grande perda na música!


Mais uma vez o mundo do rock está de luto. De acordo com o site TMZ, Chester Bennington, vocalista do Linkin Park, cometeu suicídio nesta manhã de quinta-feira, dia 20, em sua casa em Los Angeles. A notícia no entanto, se espalhou rapidamente pela mídia mundial. Ainda de acordo com fontes da polícia, o corpo do cantor foi encontrado às 9h (horário local) com sinais de enforcamento. Sabe-se que o músico de 41 anos tinha um histórico de problemas com drogas e álcool, dos quais falava abertamente e que serviram de inspiração para muitas das músicas da banda que liderava ao lado de Mike Shinoda. O artista deixa seis filhos.


Em uma entrevista no ano passado, Chester afirmou já ter pensado em suicídio porque foi abusado quando criança, por um homem mais velho.

Chester Bennington era um amigo próximo de Chris Cornell, que também se suicidou, em maio. Coincidentemente, o vocalista do Soundgarden faria 53 anos nesta quinta-feira.

Em uma triste coincidência, a banda lançou hoje o clipe de “Talking To Myself”, dirigido por Mark Fiore, com cenas de bastidores de shows e dos fãs que marcam presença nos shows do grupo.



A banda Linkin Park foi formada em 1996, mas Chester Bennington entrou no grupo três anos depois, no lugar de Mark Wakefield. E foi com Chester nos vocais que a banda se destacou em 2000, após o lançamento do álbum de estreia, “Hybrid Theory”, com hits como “Crawling”, “In The End” e “Numb”, e que garantiu disco de ouro apenas cinco semanas depois do lançamento.

Este ano o Linkin Park lançou o sétimo trabalho, “One More Light”, que alcançou o 1º lugar na Billboard 200, mas despertou críticas ferozes dos fãs sobre a sonoridade mais “pop”. Tudo isso teria incomodado bastante o vocalista, que se defendia alegando não querer criar o mesmo som dos primeiros álbuns.

De toda forma, o Linkin Park tornou-se uma das maiores bandas do rock alternativo/numetal, tendo vendido mais de 70 milhões de álbuns em todo o mundo.

O Linkin Park daria sequência à turnê do álbum “One More Light” no final deste mês. Antes da retomada que aconteceria no próximo dia 27, a banda fez seu último show com Bennington no dia 6 de julho no Barclaycard Arena em Birmingham, Inglaterra. No vídeo abaixo, você confere as duas últimas músicas daquela performance: “Papercut” e, finalmente, “Bleed It Out”.

Comentários

AS MAIS LIDAS DO DROPS