JAY-Z assume traição e mostra arrependimento em novo álbum “4:44”; Billboard fala sobre o projeto

OMG!


Já está na internet o novo álbum de JAY-Z (sim, agora escrito com todas as letras maiúsculas e hífen). “4:44” é o 13º disco de estúdio do rapper e estreia quatro anos após “Magna Carta… Holy Grail”, sucesso de crítica da imprensa especializada, de grande sucesso comercial e entre os fãs.

O projeto, exclusivo do TIDAL e do iHeartRadio (não sabemos quando essa situação vai mudar), possui 10 faixas e “traz o artista de 47 anos de idade em sua melhor forma em sua vida como compositor”, descreve a Billboard. “Não apenas ele expõe suas lutas e tribulações que quase derrubaram seu casamento, mas ele ilustra de maneira hábil como as pessoas de cor podem prosperar na nova era americana liderada pelo Presidente Trump”, continua a revista. Damian Marley e Frank Ocean estão entre as participações do projeto.

Se há duas verdades para cada história, para muitos, “4:44” expõe a “verdade de JAY-Z”. Um pedido de desculpas e uma “resposta” ao “Lemonade”, da esposa Beyoncé? Talvez. Logo na primeira faixa, JAY-Z fala sobre “matar o seu grande ego” e fala sobre as cobranças da mídia, de pessoas ao seu redor para ser uma pessoa mais responsável com a família e focado. “Em ‘4:44’, você encontra um homem desesperado para conquistar novamente sua melhor amiga e esposa, Beyoncé. Você ouve remorso e arrependimento de suas ações depois das acusações de traição com a ‘Becky do cabelo bom'”, afirma a Billboard. Foi esse aspecto do disco que levou a internet à loucura.

“Eu te persegui na saída de Paris / Volte para Roma / Você estará em casa / Nós conversamos por horas quando você estava em turnê / Por favor atenda o telefone / Era a minha proposta para continuarmos firmes / Foi no seu aniversário de 21 anos / Você amadureceu mais rápido que eu / Eu não estava pronto / Por isso peço desculpas”, rima o rapper. E ele vai além: “Eu peço desculpas a todas as mulheres que eu brinquei com suas emoções porque eu não tinha alguma / peço desculpas porque você é amada / e porque eu falhei no que eu digo a você e no que eu sou / e se todos os meus filhos soubessem / eu não saberia o que fazer / se eles não olhassem para mim novamente da mesma forma / eu provavelmente morreria envergonhado / ‘você fez o que com quem?’ / o quão bom é um ménage à trois quando você tem a sua alma gêmea / ‘você arriscaria isso por Blue?’, continua.

Com o “4:44” apenas no TIDAL, os fãs que estão de fora da plataforma administrada pela magnata podem oficialmente apenas ouvir trechos das 10 canções no player oficial da empresa.

Comentários

AS MAIS LIDAS DO DROPS