Conheça 10 músicas que Rihanna não gravou e foram sucesso

Já pensou se várias músicas que já bombaram por aí, fossem gravadas na voz da garota de Barbados, a Rihanna?


Todo mundo já está careca de saber que a Rihanna já emplacou 14 singles no topo da parada americana e é a única artista a ter pelo menos uma música de cada álbum a alcançar o nº1 da Billboard Hot 100. É uma carreira de sucesso(s), sem dúvida. Mas você sabia que ela poderia ter mais uma penca de hits em sua conta? São essas histórias interessantes de bastidores da indústria! Riri já rejeitou gravar várias canções que acabaram sendo lançadas por outras intérpretes. Confira dez dessas faixas descartadas!

1) We Can’t Stop – Miley Cyrus
“Quando trabalhei originalmente nessa música, era para Rihanna. Mas ela ouviu ‘Pour It Up’ direto e nem quis ouvir ‘We Can’t Stop'”, conta Mike Will Made-It.



2) Pretty Hurts – Beyoncé
Sia enviou a música por e-mail primeiro para Katy Perry, que nunca abriu a correspondência. Depois, mandou para o empresário de Rihanna, que ficou com a faixa por oito meses – até que Beyoncé ouviu e pegou para ela.



3) Go – Grimes
Grimes criou a música com o produtor Blood Diamonds para Rihanna, mas a cantora não gostou. Grimes acabou gravando, mas admite: “é um pouco diferente do meu [material] usual”.



4) Alive – Sia
A compositora fez essa música com Adele, durante o processo criativo do álbum “25”, mas a inglesa não quis usá-la. Sia pediu autorização para oferecer para Rihanna, e Adele só disse que não queria que mandasse a gravação que ela havia feito, pois não gostava da ideia de uma demo circulando com sua voz. Sia regravou e mandou para Rihanna, mas imediatamente sentiu um enorme remorso: percebeu que gostaria de ficar com “Alive” para si. “Quando Rihanna me devolveu, fiquei aliviada”, conta.



5) Cheap Thrills – Sia
Mais uma tentativa da Sia de emplacar algo com Rihanna. Ela criou essa música depois que o empresário da popstar pediu por “outra Diamonds”. “Mal comecei a fazer, me dei conta que era brit-pop demais para Rihanna. É mais Icona Pop. Nós enviamos para ela, mas descartaram”, lembra Sia.



6) Dangerous Woman – Ariana Grande
O compositor Ross Golan escreveu pensando em Rihanna, Alicia Keys ou Carrie Underwood. Mas, um dia, Ariana Grande ouviu a demo e pediu para ficar para ela. Virou nome de seu álbum e de sua turnê.



7) Don’t Let Me Down – The Chainsmokers feat. Daya
A dupla enviou a demo em primeira mão para a cantora, mas ela descartou o material. Foi então que eles chamara a desconhecida Daya para gravá-la.



8) Same Old Love – Selena Gomez
Charli XCX contou que participou de duas sessões de composições para o álbum “ANTI” da Rihanna, mas nunca disse se “Same Old Love” era fruto dessas sessões. O fato é que Rihanna twittou “estou viciada nessa same old love” em 2014 – bem antes do lançamento do single de Selena Gomez. Quer dizer.



9) 5AM – Tinashe
A demo foi criada por Tinashe e Calvin Harris para o álbum “ANTI”, mas Rihanna não usou. Depois, vazou na voz da própria Tinashe. Em entrevista na Austrália, ela disse que não sabe como o material foi parar na Internet, mas que não ligava, porque também não tinha interesse em usá-lo.



10) Lean On – Major Lazer feat. MØ
Diplo gosta de brincar que Rihanna é a única artista com a qual ele nunca conseguiu emplacar nenhuma colaboração. Quando ela recebeu a oferta de “Lean On”, respondeu: “não canto house music”. Ela também já disse que suas demos eram “música de elevador”.






Comentários

AS MAIS LIDAS DO DROPS