Ed Sheeran confessa “abuso de substâncias”; cantor resolveu elaborar disco novo para fugir das drogas

A revelação! 


Você se lembra que Ed Sheeran terminou sua turnê de 2015 e passou todo o ano de 2016 sumido, “em hiato”? Pois é. Tinha uma boa razão para isso. O artista pop acaba de revelar, em entrevista ao programa de TV “Jonathan Ross Show”, que passou por uma fase de “abuso de substâncias” (uma maneira não alarmante de falar sobre drogas). Ele disse que não percebeu que estava entrando nessa e, quando se deu conta, era mais uma estatística de celebridade.

“Eu não tive nenhum tempo para amadurecer com relação à fama. Eu acho que você precisa disso, quando entra na indústria, precisa se ajustar e eu não me ajustei porque estava constantemente trabalhando, em turnê. E todas as armadilhas sobre as quais as pessoas leem… eu acabei escorregando em todas elas. Principalmente com o abuso de substâncias. Nunca tinha tocado em nada. Eu comecei a entrar nisso e tirei um ano de folga por isso”, explicou.

Segundo o astro de “Shape Of You”, focar na composição do álbum novo (outro sucesso de vendas e streams) o ajudou a se manter longe das drogas. “Eu não posso trabalhar sob influência. Não posso escrever músicas sob influência. Não posso me apresentar sob influência, então quanto mais eu trabalhei menos isso aconteceu. Eu trabalhei a vida inteira para chegar onde estou. Você não pode perder tudo isso por algo que faz em seu tempo livre. Eu realmente não me dei conta de que isso estava acontecendo. Apenas começou a acontecer gradualmente e alguém me puxou para o canto e alou ‘calma…’. É muito divertido no começo, tudo começa com uma festa, e depois você está fazendo por conta própria”.

Comentários

AS MAIS LIDAS DO DROPS