Kelly Clarkson faz desabafo: “quanto estava muito magra, queria me matar”

Oi? Se matar? Não, Kelly! 


Quem acompanha a carreira da Kelly Clarkson, pôde observar sua variação de peso. Pois é. Respondendo perguntas sobre o assunto, a cantora, em entrevista exclusiva para a revista Attitude, revelou que sofreu muita pressão da gravadora para ser magra e isso a afetou emocionalmente.

“Quando estava muito magra, queria me matar. Fiquei miserável, por dentro e por fora, por quatro anos da minha vida. Mas ninguém se importou, porque esteticamente você faz sentido”, desabafou ela.

Entretanto, ironicamente, um dos auges de sua carreira foi quando estava realmente mais magra. Entre 2005 e 2006, por exemplo, Kelly faturou VMAs e Grammys e teve hits como “Since U Been Gone”, “Breakaway” e “Because Of You”. Apesar disso, a artista deixou claro que não estava feliz como podia parecer.

“Foi uma época muito obscura para mim. Eu pensei que a única saída era desistir. Eu costumava destruir meus joelhos e meus pés porque tudo o que eu faria é colocar fones de ouvido e correr. Eu estava na academia o tempo todo”, disse.

Ainda na entrevista, ela explicou que quando lançou o “My December”, de 2007, começou tomar o controle de volta. “Há uma música no ‘My December’ chamada ‘Sober’. Tem este verso: ‘tirei as ervas daninhas, mas mantive as flores’, eu apenas vivo minha vida por causa desse lema”.



“Eu estava em torno de pessoas realmente negativas e eu saí disso porque eu também tinha muitas pessoas excelentes lá. Era um caso de dar a volta por cima, encarar de frente e caminhar em direção à luz”, completou.


Atualmente Kelly Clarkson vive um momento pleno da sua vida lançando o “Meaning Of Life”. O álbum será liberado na próxima sexta-feira (27) e todas as prévias estão disponíveis.



Um dos maiores sucessos do disco, é este abaixo:



Comentários

AS MAIS LIDAS DO DROPS