Polêmica: Jay Z é acusado de ser traficante e cafetão por ex-integrante das Pussycat Dolls

Olha a treta! 


A cantora Kaya Jones, ex-integrante do famoso grupo Pussycat Dolls voltou à tona nesta semana. Ela usou o Twitter para acusar o rapper Jay Z de ser um traficante de drogas à margem da Justiça. “Jay Z usou drogas para financiar sua gravadora por anos. Ele dorme com mulheres jovens e promove o ódio à comunidade negra. Ele é traficante de drogas e um cafetão glorificado”, twittou a americana – que também já acusou o Pussycat Dolls de ser uma rede de prostituição.

A artista relata ainda ter tido uma péssima experiência com Jay Z. Em um momento de sua vida, o viu puxar uma arma em um ambiente público. “Eu tinha 18 anos, estava tendo uma boa noite em Londres, quando ele transformou tudo em uma zona de guerra. Não me venha falar sobre ele. Estou ciente!”, escreveu. “Jay Z não fundou sua gravadora vendendo jornal no bairro, ok? Ele vendeu algo com o qual ele nomeou sua gravadora depois… Roc”. Roc – rock – crack rock. É isso que ela está falando: Jay Z vendia crack.

Kaya por sua vez, tem se tornado uma reveladora dos bastidores da indústria da música. Robin Antin, empresária e idealizadora das Pussycat Dolls, negou todas as acusações de que as integrantes da girlband fossem obrigadas a dormir com magnatas da indústria, por exemplo. Além disso, nenhuma outra cantora do grupo reiterou as acusações.

Será que o rapper Jay Z vai responder às acusações? No último final de semana, ele esteve com Beyoncé e a filha, no Grammy Awards 2018. 

Comentários

VIDEOCLIPES EM DESTAQUE

BAÚ DO DROPS

DROPS MUSIC NO FACEBOOK

SIGA O DROPS NO SPOTIFY!

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

AS MAIS LIDAS DO DROPS