Billboard americana fala sobre a força do YouTube no Brasil


Segura essa!
A conceituada Billboard americana abriu um espaço em seu site para falar do cenário musical Brasileiro! É isso mesmo! E o que foi destaque? A gente conta! No país, o YouTube serve como um celeiro para encontrar novos artistas com mais intensidade do que em outros locais.

Na publicação da Billboard americana, o entrevistado foi Sergio Affonso, presidente da Warner Music Brasil. Ainda de acordo com a publicação, ele está “procurando pela próxima Anitta” (citada como uma sensação global) e, para isso, passa bastante tempo no YouTube. “Eu sento lá procurando artistas com o maior número de visualizações – artistas que se identificam com a minha marca e que têm talento”, afirmou.

Entretanto, essa procura de Affonso já deu muito certo, com nomes como Ludmilla e IZA.

“A abordagem de Affonso – ele dedica cerca de uma hora por dia à observação de novos artistas na plataforma – valeu a pena, ganhando da Warner uma série de sucessos de artistas brasileiros, incluindo Ludmilla, que assinou com a gravadora em 2013 depois de uma vídeo que ela gravou como MC Beyoncé e IZA, que começou a fazer covers de seus artistas favoritos de R&B no YouTube em 2015”, escreveu.

A revista americana ainda explica que ele não é o único a fazer isso. Por muito tempo, o YouTube foi a única plataforma digital de massa, já que o iTunes só aceitava cartões internacionais como forma de pagamento e plataformas como o Spotify e o Deezer surgiram bem depois.

Abaixo, dados fornecidos pela matéria:

Os brasileiros têm uma cultura de consumir música no YouTube, muito mais do que em outros países”, diz Zach Fuller, analista sênior da MIDiA Research. Em 2018, 79% dos brasileiros assistiram a videoclipes no YouTube, em comparação com a média global de 44%, segundo a MIDiA. No mesmo ano, 65% dos brasileiros usaram o YouTube semanalmente, em comparação com 30% do Spotify. (Globalmente, esses números foram 46% para o YouTube e 17% para o Spotify.) Leo Morel, diretor de inteligência de mercado da iMusics, classifica o YouTube como “a maior concorrente das empresas de streaming no Brasil. Tem reconhecimento de marca e é grátis”.

E você, usa muito o YouTube?



Comentários

VIDEOCLIPES EM DESTAQUE

BAÚ DO DROPS

DROPS MUSIC NO FACEBOOK

SIGA O DROPS NO SPOTIFY!

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

AS MAIS LIDAS DO DROPS